Mobilidades Docentes Agrupamento Ílhavo 2017

 

Pedro Cura – Docente do Agrupamento de Escolas de Ílhavo. Deslocou-se a Bilbao, Espanha, ao abrigo de uma mobilidade Erasmus+.

“A mobilidade permitiu estabelecer novos contactos com outras realidades, nomeadamente ao nível da supervisão pedagógica, da monitorização de boas práticas e da troca de experiências ao nível do processo formativo e avaliativo dos alunos. Sem dúvida que é uma ótima oportunidade para estabelecer trabalho colaborativo noutros contextos.”

Maria Lucília Costa – Docente do Agrupamento de Escolas de Ílhavo.  Em Trento, Itália, beneficiou de uma mobilidade Erasmus+, para Docentes e Técnicos do Ensino Profissional.

“Esta experiência foi muito enriquecedora para a minha atividade profissional e pessoal, pois tive a oportunidade de perceber e aprender toda a dinâmica relativa à mobilidade dos alunos para a realização da sua formação em contexto de trabalho no estrangeiro. Percebi que, mesmo não dominando totalmente a Língua Inglesa, sou capaz de viajar sozinha.

Apercebi-me das dificuldades que os alunos sentem quando chegam a um país diferente: outra língua; outros hábitos e métodos de trabalho; outras culturas. Senti de perto a ansiedade e descontrolo de algumas alunas e a vontade de regressarem a casa logo no primeiro dia.

Percebi que os alunos partem eufóricos, mas pouco conscientes das dificuldades que vão encontrar na sua integração e adaptação e que nem todos são capazes de as ultrapassar. Aqui não posso deixar de referir que a seleção dos alunos deve obedecer a outros parâmetros e não apenas aos resultados escolares.”

Estas mobilidades realizaram-se ao abrigo do projeto 2016-1-PT01-KA102-022559, um consórcio de seis Escolas, coordenado pela AEVA.